Governador do Pará assina as ordens de serviço para reconstruir terminais hidroviários no Marajó

Spread the love

 

O governador do Pará, Helder Barbalho, assinou na manhã da última terça-feira (20), três ordens de serviço para reconstrução e adequação dos terminais hidroviários de Afuá, Cachoeira do Arari e Portel, todos na região do Marajó. As obras são de características civil e naval. Com infraestrutura completa, terão salão de embarque, cadeiras confortáveis, rampas articuladas, flutuantes, bebedouros, com padrões de qualidade para melhor atender a população.

O investimento do Governo do Pará para a construção destes empreendimentos é de R$ 8,6 milhões. “Junto com os prefeitos do Marajó, estamos aqui para dar início ao processo de construção destes terminais hidroviários. Vamos garantir que nestas cidades possamos ter terminais de qualidade, com acessibilidade, para bem receber os passageiros e a nossa população. Todo mundo trabalhando junto pelo Marajó, fortalecendo a infraestrutura da nossa ilha e cuidando do nosso povo marajoara”, explicou o governador Helder Barbalho.

Além de gerar emprego e renda, é um grande avanço na infraestrutura da região. “São obras de infraestrutura que, com certeza, mudarão a vida da população destas cidades. Promovem emprego e renda, o escoamento da produção, fomentam o turismo e atendem também o transporte escolar, que terá uma estrutura digna para as embarcações que transportam os estudantes marajoaras. Quem ganha é a população dessas cidades. O Governo do Estado continua avançando de forma relevante, com obras de infraestrutura por todo o Pará”, disse Abraão Benassuly, presidente da Companhia de Portos e Hidrovias do Pará.

Os prefeitos dos três municípios estiveram presentes com o governador Helder na assinatura dos documentos. São eles Odimar Salomão, prefeito de Afuá; Vicente Oliveira; prefeito de Portel; e Antônio Athar, de Cachoeira do Arari.

Estiveram também presentes Abraão Benassuly, presidente da CPH, Iran Lima, chefe da Casa Civil e Jaime Barbosa, secretário regional de Governo do Marajó.

 

By Julie Rocha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *