Festival gastronômico movimenta turismo nas ilhas de Belém/PA

Spread the love

“O festival movimenta a economia, os barqueiros, os restaurantes e todos ganham”. Quem afirma é o empresário Wilson Santos sobre o primeiro Festival Gastronomia das Ilhas, realizado pela Prefeitura de Belém, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Administração da Área Metropolitana de Belém (Codem), Coordenadoria Municipal de Turismo (Belémtur) e Universidade da Amazônia (Unama).

Com duas opções de roteiro, pelo rio Guamá e pelo igarapé Combu, a programação reforça o compromisso da gestão municipal no fomento à economia local, a geração de emprego e renda e, ainda, o turismo, através da culinária belenense. “Incentivar o turismo gastronômico é muito importante para a nossa cidade. Um festival que vai gerar emprego, renda e melhorar a qualidade de vida das pessoas ”, disse o vice-prefeito de Belém, Edilson Moura.

O evento também reforça a identidade ribeirinha de Belém e resgata a força da culinária da capital paraense, considerada cidade criativa da gastronomia pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), título concedido em 2015.

Por conta disso, o presidente da Codem, Lélio Costa, não tem dúvida em afirmar que “o governo da nossa gente tem o compromisso com a promoção da nossa gastronomia e a valorização das nossas ilhas”.

O coordenador de Turismo de Belém, André Cunha, completa declarando que o “evento fortalece nosso turismo, sobretudo, o gastronômico e é apenas a primeira etapa, vamos chegar em mais ilhas e em outras regiões da cidade”.

Circuito – No primeiro dia do evento, realizado no ultimo sábado, 23, o vice-prefeito de Belém, Edilson Moura, secretários municipais e parlamentares acompanharam o circuito gastronômico realizado na ilha do Combu, que percorreu quatro estabelecimentos dos 12 participantes. O festival encerrou no domingo, 24.

No menu do restaurante Saldosa Maloca, feito especialmente para o festival, os participantes são servidos por um bolinho de peixe com geleia de taperebá na entrada, no prato principal um filhote grelhado com arroz de chicória e pirão de peixe. Para a sobremesa foi servido sorvete de banana com chocolate do Combu.

Os pratos especiais para o evento saem ao preço individual de R$ 59,90, com direito a entrada, prato principal e sobremesa.

Para Débora Pereira, o festival vai ajudar atrair mais clientes para o seu estabelecimento. “Com o festival acredito que vamos conseguir aumentar as vendas e tornar o nosso negócio mais atraente”.

Maikenn Souza, agente distrital de Outeiro, acredita que o evento aproxima a gestão dos moradores das ilhas e valoriza as nossas raízes ribeirinhas. “A população de Belém só ganha com esse festival que valoriza os moradores das ilhas, mas também os visitantes. Somos uma capital composta por muitos cheiros e sabores e esse diferencial atrai os turistas”

By Julie Rocha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *